11 de jan de 2016

10 dicas sobre Huilo-Huilo, no Chile




1 - Os hotéis principais (que ficam dentro da reserva) são muuuuuito caros, mas muito confortáveis e completos. Caso queira cotar, é só acessar http://huilohuilo.com/

2 - Os hostels e cabanas no povoado são mais baratos. Recomendo o Huilonelfuy (essa foto no início do post mostra a vista da frente deste hostel, nada mal, né?). 

3 - A maioria dos  restaurantes e pequenos comércios da região não aceitam cartão de crédito ou débito, apenas dinheiro e não tem caixa eletrônico na cidade, portante leve seus pesos.

4 - Os hotéis "caros", que citei a pouco, possuem restaurantes que aceitam cartão, mas com o valor que se paga em uma refeição lá é possível pagar a refeição de 3 pessoas no povoado.

5 - O menu no povoado é bem enxuto, com opção de saladas, frango, carne ou truta e mais algumas opções de acompanhamento. Porém, são preparados com temperos deliciosos e muito capricho. Aprovados!

6 - Em todos os restaurantes que fomos no povoado é servido um couvert, com pães chilenos, manteiga, molho caseiro e azeite. Isso não é cobrado.

7 - A taxa de gorjeta não é inserida na conta, apenas no momento do pagamento que perguntam se você vai querer pagar gorjeta ou não e de quanto, o comum é pagar 10% do valor total.

8 - (no inverno) Leve roupas impermeáveis. Não basta só o casaco ser impermeável, será preciso de calças, luvas e botas que aguentem muita água e neve.

9 - Se for alugar um carro para usar por lá, precisa ser 4x4. 

10 - No inverno o dia amanhece por volta das 9h e escurece por volta das 18h, portanto programe bem o seu dia para não perder tempo.




2 comentários: