15 de mar de 2015

Resenha: Birdman #cinema

Birdman

Favorito ao Oscar, Birdman cumpriu a previsão e faturou a estatueta de melhor filme. E não foi à toa.


Confesso que, dos concorrentes, não era meu filme favorito, porém não consigo discordar da premiação. Explico: o filme é simplesmente maravilhoso, muito bem escrito e dirigido, além do elenco ter credenciais de sobra.


O drama em si não é novo: Michael Keaton vive um ator decadente que resolve estrelar uma peça na Broadway como uma tentativa de recuperar sua carreira e se afirmar como bom ator. Tudo porque seu sucesso do passado não foi lá por uma brilhante atuação, e sim por ter vestido o uniforme de um super-herói nas telinhas. No caso, o Birdman.


Pra aumentar o clichê, o filme entra na questão do relacionamento dele com a filha, vivida por Emma Stone. Ela faz o papel clássico da garota-problema recém saída da rehab. Uma atuação boa dentro dos limites do clichê, mas que seria injusta se ela levasse a estatueta de coadjuvante.


Se a princípio a história não apetece, a estrutura narrativa da história totalmente nova consegue nos intrigar e prender durante todo o tempo do filme. Com a entrada de Edward Norton fazendo papel de um excelente e perturbado ator, a trama ganha bastante pimenta.


Além disso, o filme é repleto de trechos que a princípio parecem fantasiosos, mas eu interpreto como poderosas metáforas que dizem muito a respeito do ego do protagonista e seus conflitos internos. Mas essa dubiedade é excelente porque faz com que você mesmo se questione e questione a narrativa, do começo ao fim.

É o tipo de filme que consegue nos envolver do começo ao fim, mas, se não estivermos afim de pensar, melhor nem dar o play nele. Não se trata de uma obra apenas de entretenimento, e sim de uma obra questionadora, irônica e metafórica. Um filme bem elaborado da narrativa à fotografia, mas para ver quando estiver com fome de cinema, não apenas querendo se distrair.

(Post by Enzo Sunahara)

2 comentários:

  1. Eu gostei muito do filme - e olha que fui assistir com a expectativa lá no alto. Não decepcionou!

    ResponderExcluir
  2. Que bacana! Eu to com vontade de ver todos os indicados ao Oscar, e esse é o primeiro da lista. Com certeza assistirei! Beijos!

    gabigoulart.com

    ResponderExcluir