27 de ago de 2013

Dia 31/08 - Comer bem olhando a quem: The Dog Haüs e McDiaFeliz


Para mim, escrever este post é um presente e me sinto honrada em fazer da confiança de duas grandes ações minhas palavras.

Neste ano de 2013, o dia 31 de Agosto foi escolhido para fazer o bem. Por isso, o Irei com Doroty adverte:

No próximo sábado, estará proibido fazer dieta, contar calorias, pensar em redobrar os treinos na academia e afins. Neste dia, é obrigatório ser feliz e comer bem espalhando sorrisos e esperança. 

Quer saber como? Eu te ajudo:

18 de ago de 2013

O mundo paralelo dos clipes

Quem nunca ouviu uma música e foi transportado para um pensamento distante? Falando mais claramente, quem nunca "viajou" com aquela estrofe ou com aquele solo de guitarra? Sem falar que existem músicas que nos remetem a coisas que já vivemos, que nos lembram alguém ou algum dia especial, não é? E no meio dessa piração toda que a música nos dá é que trabalham os diretores de clipes, eles sim podem viajar a vontade em um som e depois disso transpor tudo para o set de filmagem. Mas indo direto ao ponto, noto que alguns clipes possuem pirações parecidas, e para começar separei três deles aqui para mostrar para vocês.

Assistam com atenção e vejam o que encontram de parecido ;)

Ane Brun - Do you remember (2011)


5 de ago de 2013

Cozinha Judaica de Mãe - Adi&Shoshi Delishop

Minha São Paulo é como coração de mãe. Sempre cabe uma mainha, mutter, mother, mamma, okaasan e muitas outras que quando pilotam fogões nos trazem lembranças em temperos. E foi buscando esta minha ligação com a árvore genealógica da qual sou fruto que me bateu uma vontade de conhecer melhor a cozinha judaica.

No coração do Bom Retiro, fui com minha amiga Gabi conhecer um restaurante judaico super familiar. O ambiente é simples, bem arejado e tocado por uma família que a mim já se tornou especial. Conhecemos o elogiado Adi&Shoshi Delishop.

Batizado com os apelidos dos proprietários e tendo seus fogões pilotados pelo filho, a Delishop se tornou um lugar querido aqui em Sampa. Das panelas do chef Nir Baruch não saem apenas iguarias judaicas e contemporâneas. Dali brotam histórias temperadas com a mistura de Brasil e Israel, da criatividade de quem imigrou para uma pátria que o acolheu como mãe.


No dia ensolarado de nossa visista, pude provar o Gelfite Fish, um bolinho de carpa cozido no caldo do peixe. Ele é servido frio, aos sábados ou ocasiões especiais na cultura judaica. Num primeiro momento, é exótico para nosso paladar, mas não menos delicioso. Como prato principal, pedimos os vaernikes de costela bovina ao molho funghi. Eles são tipo raviolis deliciosamente embebidos pelo molho de cogumelos, um sabor que fisgou meu coração e que me faz lembrar sempre da Deli!