5 de mar de 2013

La Sanguchería: Para além do Ceviche

Roupas coloridas, Pachamama, flautas especiais, Machu Picchu, Cuzco, chocolate e... Ceviche. Este seria um belíssimo desenho da cultura peruana se não fosse tão caricato. Pois é, temos a mania de rotular e classificar tudo aquilo que pensamos conhecer. E sobre a gastronomia do Peru não é diferente.

Buscando explorar mistérios e sabores peruanos, me entreguei ao burburinho que se formou ao redor do "La Sanguchería". Um espaço dedicado à comida peruana de rua que hoje ocupa o endereço do antigo Killa, em Perdizes. Tenho que confessar que este lance de cotidiano, o que o povo come no país mesmo, me encanta. É uma forma que temos de sentir um tiquinho da cultura local.


Um dos grandes atrativos do lugar, além do sabor, é o preço. Nenhum prato custa mais do que R$ 15. O cardápio conta com sanduíches tipicos, saltenhas bolivianas, porções de batatas e mandioca, e tudo isso acompanhado de molhos especiais  à base de bolacha água e sal e queijo branco. Na composição é possível encontrar ají amarillo, ají amarillo com nozes, pimenta dedo de moça e azeitona. Bem gostosinhos.

No dia em que fiz a visita, optei pela porção de batatas como entrada. O preço convidativo de R$ 4  é até um pouco além da quantidade que veio no saquinho. Mas elas estavam saborosas e perfeitas para acompanhar o sanduíche de costelinha de porco, batata doce e cebola roxa por  R$ 15. Apesar do estranhamento que causa este mix de ingredientes, posso garantir que o sabor final é incrível. Além disso, o pão é bem macio e com grife. Os pães da casa são assinados por Rogério Shimura. #esnoba


Para finalizar a noite, uma porção maravilhosa de Alfajores caseiros. Juro que nem na Argentina comi alfajores como estes. Acho que foi o que mais gostei no lugar. E por apenas R$ 4 a porção com 3. Vale dizer que todos os pratos são servidos em assadeiras pequenas e vem em saquinhos como aqueles que usamos para colocar o hot dog da festinha da gurizada.

Sobre a estrutura da casa, posso dizer que é pequena. No dia em que estive lá, quase todas as mesas, internas e externas, estavam ocupadas. E se você espera por uma decoração caliente, esqueça. Os detalhes decorativos remetem ao Peru, mas é tudo muito sóbrio. Gostei bastante da apresentação do cardápio. Ele vem impresso no jogo americano. #sustentabilidadefeelings.


E para fechar com chave de ouro, o atendimento. Apesar de super atenciosos, nossos pedidos atrasaram muito. O alafajor demorou tanto que a casa decidiu não nos cobrar. Mas vale dar uma chance, já que o pessoal começou há pouco tempo.

Quer comer como um peruano? La Sanguchería é o destino. Pode preparar o mochilão.

La Sanguchería

Rua Tucuna, 689,
Perdizes,
tel.: 3872-1625


2 comentários: