15 de fev de 2013

Parrilla do Alemão: As lições de Berlin

 PARTE I : A aposta

Há um ano, estive em Berlin. Minha maior preocupação era "Poutz, não curto comida alemã e me recuso a comer Mc aqui, como viverei?"

Assim que cheguei, as festividades natalinas já tinham se instaurado. Algo muito tradicional nos países europeus são as feiras de Natal. Além de achar uma gracinha, para suportar o frio de quase 1 grau, adentrei uma destas em busca de um vinho quente e... De algo para comer. Eu sabia que este seria um desafio. Até que vi uma barraquinha com pães e salsichas belíssimas. E o cheiro, que cheiro delicioso.Cheguei perto e um rapaz do local me ofereceu a iguaria. Expliquei a ele que, no Brasil, a culinária alemã não me atraía muito, então, tínhamos um problema. Foi então que me veio a aposta: "Este pão com salsicha especial e mostarda dou a você. Se gostar, não pagará este e ganhará outro".

PAUSA!

Queridos, tenho um sangue judeu muito forte em minhas veias e adoro negociações. TOPEI!

CONTINUA!

E me deliciei, comi os dois pães e várias outras coisas da feira. No final de minha estadia, não só amava a gastronomia alemã, como voltei para o Brasil à procura daquele sabor por aqui...


PARTE II: A entrega

... E eu o encontrei na Parrilla do Alemão.

Minha primeira experiência na casa foi com o rodízio de fondue que, na minha opinião, vale cada centavinho: Fondue Parrilla do Alemão

De tão bem atendida, gostando do ambiente familiar e de toda a atenção, retornei para uma rodada alemã. Este jantar foi um oferecimento de Mauricio querido através de um site de compras coletivas.

O cardápio oferecido me deu a oportunidade de degustar novamente um Eisben, mas conhecido como joelho de porco. De acompanhamento, purê de batatas e Chucrute. A carne veio no ponto, o purê achei meio sem sal, mas o Chucrute estava perfeito. Inclusive, pejorativamente, algumas pessoas usam o nome deste acompanhamento como nomenclatura aos alemães. Portanto, saibam que estão fazendo um elogio e não proporcionando uma ofensa. ;)


O valor de dois pratos acima, pelo cardápio original, foi de R$ 102. Pelo voucher ficou em R$ 79.

Para acompanhar tanta delícia, pedi uma recomendação ao garçon que me sugeriu a cerveja Wasteiner Dunkel, uma das muitas inportadas oferecidas pela carta da casa. Ela tem em sua composição notas de nozes, o que harmoniza perfeitamente com carne suína, por exemplo. E esta escolha foi certeira, pois a cerveja é deliciosa e com o excelente preço de R$9.50.

Para fechar a noite com chave de ouro, o clássico Apfel Strudel, incluso no pacote e com um preço que não excedia a R$15.



PARTE III: A confissão

Por fim, acreditei naquela "segunda chance". Talvez, eu não tenha ido antes aos lugares certos. Talvez eu precisasse cruzar oceanos para saber com qual tempero e graça, ainda que conhecidos pela seriedade, os alemães tratavam sua gastronomia. O certo é que a receita é esta: Nunca desista de provar.

Serviço:

Parrilla do Alemão
Endereço: R. Pascal, 608 - São Paulo, 04616-001
Telefone:(11) 3805-2213


Nenhum comentário:

Postar um comentário