27 de dez de 2012

Que venha 2013!

Lá se vai mais um ano, muitas lembranças ficaram na memória, planos para um ano novo começam a ser traçados e um balanço do ano que se passou é feito. 2012 foi um ano incrível para o Irei com Doroty, e nada disso seria possível sem as lindas da Maíra, Priscila e Nath que colaboram aqui no blog, obrigada meninas!

Fizemos esse post listando algumas coisas marcantes nesse ano para cada uma de nós, com os temas que mais aparecem por aqui: viagens, músicas, restaurantes, filmes, livros e afins. Confira agora um pouquinho do ano da equipe do blog: são 4 fotos marcantes de 2012, uma música feliz e outra triste, um livro, um filme e um bom restaurante, que cada uma de nós listou com carinho para vocês.



Amanda Barone

Foto 1: A viagem que fiz sozinha para o Chile, estava precisando de um momento só meu. Foi ótimo conhecer um país tão lindo, voltei renovada e com coragem para me arriscar mais. Foto 2: Este ano conheci pessoas maravilhosas e generosas que me mostraram uma São Paulo onde a poesia existe, seja num bar, em um sarau ou na rua, com essa galera a poesia está sempre presente. Agradeço muito a todos eles, pois me deram coragem para deixar a insegurança de lado e mostrar ao "mundo" as coisas que escrevia e até então guardava na gaveta: nasceu meu tumblr intimismosFoto 3: A Clarinha não ficaria fora dessa lista de jeito nenhum, ela é a filha mais maravilhosa e carinhosa que alguém poderia ter. Com ela eu cresço e aprendo tanto, sempre tentando guiá-la pelo caminho do bem. Uma pessoinha tão pequena que faz meus dias completos e me fez sentir em toda sua completude o que é o amor. Esta foto foi agora em dezembro, na comemoração dos seus 6 aninhos, onde eu ganhei o primeiro cupcake! Foto 4: "Corinthians, minha vida. Corinthians, meu amor". Termino o ano muito orgulhosa pelas conquistas do meu time. Nesse dia da foto o Corinthians tinha acabado de ganhar a taça de campeão do mundo e eu já estava quase sem voz de tanto comemorar.

1 música feliz: "12 de maio", Silva. "E a hora passa sempre devagar pra quem vê o bom lado da vida e dança".

1 música triste:" Estou triste", do novo álbum do Caetano Veloso, ele conseguiu colocar em melodia e palavras, exatamente o que é tristeza para mim: "Eu me sinto vazio e ainda assim farto/Estou triste tão triste/E o lugar mais frio do rio é o meu quarto". 

1 livro: "Extremamente Alto e Incrivelmente Perto", do Jonathan Safran Foer. Um livro incrível que me surpreendeu do começo ao fim. Fotos, anotações, páginas em branco, textos truncados, códigos numéricos e tantos outros efeitos visuais, sempre nas horas certas, enriquecem o livro e fazem dele a minha melhor leitura desse ano. 

1 filme: "Minhas tardes com Marguerite", de Jean Becker, é uma linda história de amizade que vale muito a pena ser assistida e colocada em prática na nossa vida.

1 restaurante: Brown Sugar, ele fica na região dos Jardins, em SP.  Como ele é meio famosinho é bom ligar para fazer uma reserva.


Maíra Luna

Meu ano foi feito de muitos paradoxos:

Foto 1: Viajei muito, conheci o Rio e me apaixonei pela cidade maravilhosa.  Foto 2: Descobri que em Fortaleza não tem carnaval, mas com boas companhias você se diverte mesmo assim. Foto 3: Assisti muitos shows, de todos os tipos, valores e tamanhos. Me arrepiei junto com 70 mil no Foo Fighters e Arctic Monkeys, cantei junto com o coral mais lindo que é a plateia de um show do Los Hermanos e chorei no show do Pipo Pegoraro num pequeno auditório. Foto 4: Algumas despedidas, mas muitos reencontros (e encontros).

1 música feliz: "Gargalhadas", 5 a Seco (tem coisa melhor que gargalhadas? elas são um resumo de todos os meus momentos felizes esse ano).

1 música triste: "Melhor Assim", Pitanga em Pé de Amora, porque mesmo na tristeza, é possível ter a alegria do samba.

1 livro: "O Rei Branco", de  György Dragomán. 
 A história começa com a prisão do pai do menino Dzsátá por motivos políticos. A partir daí somos levamos numa narrativa envolvente, passando pela saudade e lembrança constante do pai, ao tormento que pode ser a escola quando se tem 11 anos, as descobertas da adolescência e a perda da inocência, tudo isso num turbilhão que é um país num regime totalitário. Difícil é não se emocionar com as vitórias (e puxadas de tapete) e torcer para um reencontro final.

1 filme: "As Vantagens de Ser Invisível"O colegial pode ser muito assustador no seu primeiro dia de aula. Para Charlie, um garoto solitário com muitos problemas e que passa o tempo escrevendo para o único amigo, falecido a pouco, parece ser muito pior. Contudo, ele encontra a amizade em dois meio-irmãos, tão fora da curva e dos padrões quanto ele e descobre que quando se tem companhia, o colegial não é tão ruim assim. Tendo como roteirista o próprio autor do livro, é um filme que te prende do começo ao fim, seja pela (identificação com a) história, pelos atores (Logan Lerman, Emma Watson e Ezra Miller são incríveis) ou pela trilha sonora (somente clássicos de The Smiths até David Bowie) e você acaba meio chorando meio rindo meio nostálgico mas com certeza pensativo.

1 restaurante: Cantina Roperto, uma das boas descobertas desse ano, feita totalmente ao acaso, enquanto eu e 3 amigas buscávamos um lugar pra jantar no Bixiga depois de um festival de música. É um lugar tipicamente italiano, muito aconchegante e é fácil se sentir em casa.Além de ótimos pratos, tivemos a sorte de ouvir o pessoal da casa dando um show apenas com um violão e uma sanfona e, na companhia de um bom vinho, ouvimos desde músicas italianas até Adoniran. 

Nathalia Triveloni

Foto 1:  Meu cotidiano com pessoinhas que são gigantes. Todos os dias, transito em dois mundos, o meu e o deles. Com eles, aprendo o que é o AMOR! Minhas Crianças do Programa Curumim. Foto 2: Paraty, uma viagem mais do que especial. Presente do meu hoje amigo Mannaz, alguém especial que sempre quero por perto.Esta viagem e esta foto estão impregnadas com o cheiro dele. Foto 3: Amigas desde a infância e para toda vida! Foto 4: Meus irmãos. O melhor presente e a melhor corrente que Deus e minha mãe me deixaram. =)

1 música feliz: "Pra sonhar", de Marcelo Jeneci. Não gostava do cara, mas quando ouvi esta música desejei isso para mim. Uma pulsação, um amor tão forte. Linda demais.

1 música triste: "As canções que você fez pra mim", na voz da Maria Bethânia. A letra sempre foi inspiração para um conto que eu queria escrever, mas hoje é a trilha sonora de saudades de minha mãe que partiu este ano.

1 livro: "A lista de Schindler". A história ficou mundialmente conhecida pelo filme de Spielberg, mas este livro trata um período tão cruel com esperança e humanidade. Assim como conta o Talmud, "Aquele que salva uma vida, salva o mundo inteiro".

1 filme: "Intocáveis". As pessoas mais diferentes da gente podem ser as mais iguais. Este filme é um reflexo belo da amizade, da superação, de reais valores. Além de engraçadíssimo. =)

1 restaurante: Madeleine, eu amo aquele lugar. Além de charmoso, ótima música e excelente cardápio, é a melhor cozinha de estar. 

Priscila Santos

2012 foi realmente um ano maravilhoso e cheio de conquistas: arrumei um emprego super legal, viajei muito, acabei meu segundo mestrado...só espero que 2013 me traga metade de todas essas coisas boas que vivi esse ano!


Foto 1: meu aniversário de 2 anos de casamento, fomos esquiar pela primeira vez na vida e foi um dia ótimo! (sul da França, fev. de 2012) Foto 2: meu programa preferido em viagem é comer a comida local, esse foi o melhor prato que comi em 2012. Nada como um belo schinitzel!! (Berlim, março de 2012) Foto 3: uma foto de Nantes para representar o ótimo ano que passei nessa cidade (Nantes, outubro de 2012) Foto 4: como 2012 foi um ano de muitas viagens, escolhi uma foto do destino mais diferente que fui nesse ano. (Rússia, agosto de 2012)

1 música feliz: "Be a body", Grimes. A Grimes foi minha verdadeira paixão musical de 2012. Adoro o álbum inteiro, mas a minha preferida é a Be a body, que escuto sem fim.

1 música triste: "Ta douleur", Camille. Essa música tem uma letra super forte e me ajudou muito em um momento triste de 2012.

1 livro: sem pensar duas vezes, "La Liste de Mes Envie", de Grégoire Delacourt. É a história de uma mulher que mora numa cidadezinha no meio do nada e, um belo dia, ganha na loteria. Um livro divertido e triste ao mesmo tempo, que acaba mostrando que tudo o que queremos na vida é um pouco de amor.

1 filme: que eu adorei em 2012 foi o "Moonrise Kingdom". Nem todo mundo sabe, mas a história do filme é baseada numa ópera do Benjamin Britten, um charme incrível! A fotografia é linda e tem todo aquele ar dos anos 60.

1 restaurante: vou recomendar um de São Paulo, para que não ficar só nas dicas internacionais. Um amigo me levou lá, quando estava no Brasil em junho, e eu amei. O restaurante é fofo e a comida é uma delícia: The Gourmet Tea.



10 comentários:

  1. Que delícia de post, Amanda! Que 2013 seja bem incrível, com muitos desafios e realizações. Beijo, Helka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Helka, um 2013 incrível pra vc tbm :)

      Excluir
  2. Que 2013 seja incrível para todas essas lindas!
    Beeeijo

    ResponderExcluir
  3. Amei as escolhas de todas!!!
    Acreditam que só assisti o filme a "Lista de Schindler" em 2012?! Desde novinha morria de vontade e receio pela história que é muito triste e igualmente linda. Sou super chorona com filme e chorei quase o filme inteiro! kkkkk...
    Agora estou criando coragem para ler o livro pois sei que irei chorar bem mais.
    Tenho um sonho de conhecer a Rússia e todo mundo acha estranho! hehehe...
    Feliz 2013 pra todas!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. É muita alegria para um ano só gente!!! Que em 2013 vocês tenham essas alegrias e ainda mais realizações, em dobro!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila sua querida, um 2013 lindo para você também! Beijoooo :)

      Excluir
  5. Oi Amanda tomei a liberdade de ver seu blog e amei. Parabéns. Beijosss Bete

    ResponderExcluir