10 de fev de 2010

Arte com Fita Adesiva


A paixão pelo cinema levou o ucraniano Mark Khaisman a deixar a arquitetura de lado e a dedicar-se a arte de pintar com fita adesiva, de forma a que a sobreposição de camadas crie quadros originais inspirados em imagens famosas de cinema.



Através da justaposição de um número diferente de camadas de fita adesiva, chega-se a sombras de intensidade distintas que, através da iluminação posterior, criam a ilusão de imagens reconhecíveis pelo espectador. Sendo um apaixonado pelo cinema, Khaisman recorre aos cenários dos seus filmes preferidos: O Anjo do Mal (de Jacques Lourcelles) e Os 39 Graus (de Alfred Hitchcock) são dois exemplos.

Khaisman chega a usar cem metros de fita e passa em média uma semana para realizar cada trabalho.

A inspiração para esta técnica surgiu-lhe da sua familiaridade com a pintura em vidro, que também tira proveito dos jogos de iluminação. Foi então que notou, depois, que poderia continuar este diálogo com a luz, de uma forma completamente diferente, usando outros materiais além do vidro. Na fita adesiva encontrou a matéria-prima ideal para a projecção do seu trabalho.

Mark Khaisman reside actualmente em Filadélfia, Estados Unidos. Os seus quadros podem ser encomendados no seu website oficial. Enquanto que as reproduções de cenas cinematográficas previamente executadas custam 200 dólares, os quadros personalizados podem chegar aos 10 000.


Nenhum comentário:

Postar um comentário